quinta-feira, setembro 28, 2006

Centro de Estudos de Novas Tendências Artísticas [CENTA]

Estrutura profissional pluridisciplinar, tem por objectivos: oferecer condições de trabalho adequadas ao processo criativo e à investigação no território da arte contemporânea; reforçar a identidade cultural das populações através da aproximação à comunidade artística e criar dinâmicas culturais locais. Funciona nas instalações cedidas pela Tapada da Tojeira, casa agrícola com lagar de azeite e modo de produção biológico.

CENTA
[Centro de Estudos de Novas Tendências Artísticas]
Tapada da Tojeira
6030 – 006 Vila Velha de Ródão
272 541 080 Telf.
272 545 314 Fax
centa@mail.telepac.pt
http://centa-tojeira.blogspot.com
Membro fundador da REDE
[associação de estruturas
para a dança contemporânea]


Estão abertas candidaturas para residências de criação no CENTA
[artes plásticas]
Podem candidatar-se todos os artistas nacionais e internacionais que desenvolvam trabalho na área das Artes Plásticas e Transdisciplinares, podendo a candidatura ser feita em nome individual ou colectivo.

Da candidatura devem constar:
Curriculum vitae
Portfólio resumido (quatro projectos recentes ou mais significativos)
Sinopse do projecto a realizar em residência
Período de tempo para residência

As candidaturas devem ser endereçadas ao cuidado de Nuno Carrusca, coordenador do NAC (Núcleo de Arte Contemporânea) do CENTA.
O CENTA oferece alojamento e condições para a confecção de refeições em cozinha independente, estúdio ou outros espaços possíveis de serem utilizados como, por exemplo, o lagar de azeite ou cavalariça, apoio à produção e divulgação.

NOTA:Não existe qualquer obrigatoriedade por parte dos residentes na apresentação de um trabalho final, visto que o CENTA é primordialmente uma estrutura de apoio à criação, onde, precisamente, se pretende que o processo de criação seja livre de pressões externas.
No entanto, poderá ser sugerido ao residente que fale do seu trabalho, ou o apresente informalmente à comunidade, sendo a sensibilização de públicos uma das políticas fundamentais desta estrutura.


RESIDÊNCIA ARTÍSTICA
EXPERIMENTA O CAMPO 06
O projecto EXPERIMENTA O CAMPO é uma plataforma de interacção entre artesanato, universo de objectos nascidos de uma relação com a "terra", reveladores de uma identidade própria perpetuada no tempo, e o design, que se encontra associado à sociedade de consumo e à produção em massa numa estreita relação com a indústria, projecto este desenvolvido em parceria com a ESAD [Escola Superior de Artes e Design] de Caldas da Rainha.
No dia 28 de Setembro termina a segunda residência de alunos, a qual contemplou os alunos de Design, e que consistiu na concepção de projectos que serão desenvolvidos ao longo do ano com a orientação dos professores envolvidos.


RESIDÊNCIA ARTÍSTICA COSPE NA COBRA
[29 Set a 05 Out]
A residência dos Cospe na Cobra assenta o seu objectivo na construção e habitação de um espaço experimental de som que se quer livre e que baseia os seus procedimentos não só na esfera da experimentação acústica mas também na construção de instrumentos in loco.

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA MARGARIDA MESTRE
[24 Out a 04 Nov]
...Tudo gira...
(...neste mundo tudo gira, que eu gire em redor de ti não admira...)

Objecto poético que gira em torno de temas que nos rodeiam como o universo, a terra, a natureza e o ser.
É construído a partir de poemas de Jorge Sousa Braga, re-interpretados vocal e visualmente numa aventura de transformar o seu universo literário em evento performático, resultante da procura de um formato alternativo de comunicação da poesia.
Este recital propõe um cenário visualmente mágico que, num jogo lúdico de projecção e metamorfose da imagem, acompanha a agilidade da imaginação; e uma atmosfera sonora que transmite e transforma a palavra falada em melodia e respiração.
Em vivência dos sentidos onde o corpo é convidado a entrar.


WORKSHOP / RESIDÊNCIA TEATRO PRAGA
[30 Out a 30 Nov]
André Teodósio estará em residência no CENTA e orientará um workshop que tem como objectivo a montagem de um exercício teatral a partir da obra “O Avarento” de Moliére, pressupondo um discurso contemporâneo numa relação/confronto com um clássico da dramaturgia mundial, segundo uma nova versão da obra escrita de propósito para o Teatro Praga por José Maria Viera Mendes.

Jovens criadores ainda em formação Destinatários
de 30 Out. a 30 Nov., com três sessões por semana em horário pós-laboral Calendarização
15€ Inscrição
20 de Outubro Data limite de inscrição
http://centa-tojeira.blogspot.com/2006/07/destaques.html Para + info



FORMAÇÃO ARTÍSTICA PONTUAL
[de 01 Outubro a 20 de Dezembro]
Estão abertas inscrições para os ateliês pedagógicos que se realizam em datas a definir com os interessados. Podem ser frequentados por uma turma/sessão, durante a semana, ou por grupos, durante o fim-de-semana.
http://centa-tojeira.blogspot.com/2006/05/programa-de-formao-artstica.html Para + info



VISITAS GUIADAS AO NAC
Continuam abertas as inscrições para as visitas guiadas ao NAC [Núcleo de Arte Contemporânea], que integra projectos de land art, site specific e arte efémera idealizados e concebidos por Rui Moreira, Armanda Duarte, Fernando Tropa, Luísa Ferreira, entre outros.
http://centa-tojeira.blogspot.com/2006/06/visitas-guiadas-ao-nac.html Para + info


Leituras ao Domicílio
O CENTA criou um serviço de Leituras ao Domicílio que qualquer pessoa ou entidade pode requisitar, bastando para isso que entre em contacto com o CENTA, tendo apenas que indicar o local (poderá ser na própria casa ou noutro espaço) e a hora pretendidos que um dos leitores disponíveis irá ao encontro do ouvinte. As Leituras ao Domicilio dispõem de um menu de livros seleccionados, de onde o ouvinte poderá escolher o livro que quer conhecer. Caso tenha preferência por um livro que não conste no menu, deverá fazer a encomenda com a antecedência mínima de 15 dias, indicando o título em questão e o pedido será atendido. Este serviço é pago à hora .
Para + info
e lista de títulos disponíveis
http://centa-tojeira.blogspot.com/2006/06/leituras-ao-domiclio.html

terça-feira, setembro 26, 2006

Fotos das Festas de 2006

http://www.flickr.com/groups/festas2006/pool/show/

Aqui podem ver ver em Slideshow as fotos da Festa em Honra de Nossa Senhora do Castelo, Vilas Ruivas.
14, 15 e 16 de Agosto de 2006.

Obrigado a todos os presentes...

Até para o ano...

segunda-feira, setembro 18, 2006

Jornal Informativo nº06/2006

VILAS RUIVAS: Embora o São Pedro pregasse uma partida....
FESTA BATEU TODOS OS RECORDES.
As festas de 2006, em honra de Nossa Senhora do Castelo, as mais antigas e tradicionais do concelho de Vila Velha de Ródão, saldaram-se por mais um êxito organizativo.
Com um movimento total de cerca de 12.000 euros, cerca de 4 700 euros reverteram para o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas como lucro apurado e efectivo dos festejos.
Este foi o ano em que se movimentou mais dinheiro nos festejos em Honra de Nossa Senhora do Castelo, e onde se obtiveram os maiores lucros.
Nos dias 14 e 15 de Agosto, o Largo Principal da Aldeia foi pequeno para tanta gente que participou nos bailes.
Á semelhança do ano de 2005, muita gente compareceu nos festejos mais antigos e tradicionais do concelho de Vila Velha de Ródão, dando-lhe um enorme brilhantismo. As mesas e cadeiras espalhadas pelo recinto estavam completamente esgotadas, e os bailes sempre muito participativos, embora exista ainda muita gente com “vergonha ou não saber dançar” as músicas tradicionais portuguesas.
Pena foi o dia 16 de Agosto, último dia dos festejos, onde o São Pedro fez uma partida, chovendo praticamente todo o dia, condicionando as provas desportivas e culturais. Aliás, as provas culturais e recreativas acabaram por ter lugar na sede do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas. No plano desportivo, no encontro de Futsal entre Vilas Ruivas e Fratel, os da “malga” levaram a melhor, vencendo por 6-5 no prolongamento e arrecadando a taça, acabando o convívio entre as duas equipas em pleno largo principal da aldeia de Vilas Ruivas.
Quanto ao Torneio de Sueca, registou o maior número de equipas participantes dos últimos anos, com a vitória a sorrir aos homens do Coxerro, embora um dos vencedores (João Pires Ventura) seja natural da aldeia de Vilas Ruivas. Apenas pelas 20,30H deixou de chover, deixando muita gente em casa com medo ao mau tempo.
Mas mesmo assim, o conjunto musical ( Artur e Márçia) ainda fez questão de começar o baile, embora perante uma plateia reduzida. Foi pena, já que estava tudo preparado para mais uma grande enchente e uma noite de grande festa. Já há muitos anos que não se via um tempo assim no dia 16 de Agosto. Paciência!. No entanto, pela noite fora, e na sede da Associação, houve discoteca móvel até ás 7.00 horas da manhã. Mesmo assim, as festas foram um êxito enorme, deixando água na boca a muita gente.
De assinalar a presença em Vilas Ruivas de muitos fratelenses, que acompanharam a Banda Filarmónica nos Festejos Religiosos em Honra de Nossa Senhora do Castelo, acabando também por ficar para a noite e para esse grandioso baile do dia 15 de Agosto, abrilhantado pelo Grupo Musical Oásis.
Está de parabéns a Comissão de Festas de Vilas Ruivas do presente ano, pelo excelente trabalho efectuado em prol da aldeia.
O lucro dos festejos é bem vindo para a Associação local, já que, e segundo o Presidente do GAVR, Jorge Manuel Cardoso, “ existem ainda dívidas para pagar de compromissos anteriormente assumidos para a compra e reconstrução da sede social da Associação, e este dinheiro apurado destina-se a isso mesmo”. É uma dívida que temos controlada, que pode ser paga a longo prazo, mas é nossa intenção começar já a pagá-la (n.r. A dívida cifra-se ainda em cerca de 10.500 euros sem qualquer tipo de juros), já que é um compromisso assumido pela actual direcção”. O Presidente do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas relembra ainda que “ a Associação já movimentou cerca de 50.000 euros pela compra e reconstrução da sede, faltando apenas liquidar esses 10.500 euros, para que os empréstimos fiquem saldados”, adiantando ainda que “ só a partir desses pagamentos, é que podemos começar a pensar em mais obras para melhoramentos da nossa sede, tais como o logradouro e o piso superior destinado ao salão cultural”. Ou como diz o velho ditado “Roma e Pavia não se fizeram num dia”.

FESTA RELIGIOSA NO ALTO DA SERRA
NOSSA SENHORA DO CASTELO COM MUITOS FIÉIS DEVOTOS.

As Festas Religiosas em Honra de Nossa Senhora do Castelo, realizadas no alto da serra, em plena Ermida, no dia 15 de Agosto, foram talvez as mais participadas dos últimos anos. Na realidade, ninguém se lembra já, de ver tantos devotos a participar nas cerimónias religiosas. Duas horas antes da Eucaristia, já a estrada de ligação é Ermida se encontrava cheia de veículos estacionados.
Na zona envolvente á Capela e ao Castelo, já não existiam lugares vagos para tantos veículos. Neste aspecto, o trânsito esteve “caótico” nos acessos á Ermida, envolvendo também o próprio Reverendo Escarameia e a Presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Dra Maria do Carmo Sequeira, que certamente tirou mais ilações para as obras que aí vêm de requalificação daquele local. Mais de uma centena de veículos em toda a zona adjacente, requer certamente um projecto mais amplo de estacionamentos disponíveis ao longo da estrada de ligação á Ermida. Somos da opinião, que o estacionamento não poderá resumir-se á zona perto da Capela e do Castelo. Ele terá que ser mais abrangente, com mais espaços disponíveis e começar mesmo muito antes do átrio da Ermida.
Todos se aperceberam da autêntica confusão reinante no trânsito. Outro dos aspectos a considerar pela nossa autarquia, terá forçosamente que incidir na cuidada desmatização do local, principalmente em redor da estrada de acesso á Ermida. È um perigo, em pleno verão, com tanta gente no local. Em caso de incêndio... não existem muitas hipóteses de fuga e pode acontecer um tragédia. O facto foi por demais comentado perante tanta gente que participou nestas festas religiosas. E bastaria um pequeno descuido!!!. É uma situação urgente, a rever e a ser estudada cuidadosamente por parte da nossa autarquia.

Como se disse, a festa religiosa levou até ao alto da serra, muitas centenas de devotos, que participaram activamente na Eucaristia presidida pelo Revº Escarameia e na Procissão em Honra de Nossa Senhora do Castelo, que foi acompanhada pela Banda Filarmónica do Fratel.
As Festas Religiosas em honra de Nossa Senhora do Castelo, como as mais antigas do nosso concelho, continuam a ser palco de grandes romarias ao alto da serra, como ficou provado neste ano de 2006.
Em pleno dia de Festa....
Voltou novamente o problema da falta de água!

A situação já não é nova. Aliás, sempre que começa o Verão, a população de Vilas Ruivas debate-se com o problema da água. Para além de não consumir a água do furo (quando acaba a da nascente), a população debate-se ás vezes com a falta de água nas torneiras. Isto acontece, porque em Agosto, a população da aldeia triplica, e o depósito existente é manifestamente insuficiente para tanta gente.
No dia 14 de Agosto, a água faltou novamente nas torneiras. Valeu a disponibilidade da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, na pessoa do vice-presidente Luís Pereira, que lá resolveu a situação a contento de todos.
No entanto, fica essa preocupação das gentes da aldeia, que a partir do momento em que o furo é ligado, começam a consumir (para beber!!) a água da Ladeira e do Alvaiade. Se a água da nascente é muito boa para beber, já a do furo é renegada pelas gentes da aldeia de Vilas Ruivas. Uma situação que, e obrigatóriamente, terá que ser revista a curto prazo por quem de direito.

Sempre com muita gente
ROMARIAS AO CASTELO APÓS A RECONSTRUÇÃO
Durante todo este tempo de pleno gozo de férias, foi com muito agrado que assistimos a autênticas romarias ao Castelo e a toda a zona envolvente. Muita gente do nosso concelho, mas também muitos turistas nacionais e estrangeiros, têm dado ao local um extraordinário movimento. Após a reconstrução do Castelo têm sido inúmeros os visitantes que aproveitam para tirarem muitas fotos e filmarem o local. Uma vista ímpar e deslumbrante num local tranquilo e soberbo, tem feito as delícias de centenas e centenas de pessoas, que têm visitado toda aquela zona envolvente, ex-libris do nosso concelho.
A este propósito, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas tem em exposição na sua sede social, duas fotos gigantes do Castelo, que marcam o antes e o depois da reconstrução do mesmo.Uma oferta do associado, Álvaro Ribeiro, dedicado á arte da fotografia da aldeia de Vilas Ruivas.

No dia 13 de Agosto, no Alto da Serra...
JUVENTUDE DE VILAS RUIVAS EM PLENA FESTA CONVÍVIO
Cumprindo uma tradição , o dia 13 de Agosto marca a festa e o encontro de praticamente toda a juventude da aldeia de Vilas Ruivas.
Com o apoio do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, cerca de meia centena de convivas organizaram o já habitual piquenique nocturno no átrio da capela, ao som de boa música, e á média luz. Um convívio que serviu para se falar do passado, presente e futuro da aldeia de Vilas Ruivas. Com uma noite bem agradável, foram bons os momentos que se passaram lá bem no alto da serra, sinal de que, Vilas Ruivas tem muita juventude que se vai preocupando com o dia a dia da aldeia, no fim de contas, também o verdadeiro objectivo do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas.
Dinamizar a juventude a participar no dia a dia da aldeia, é o verdadeiro objectivo da Associação local. Aliás, e durante a semana, muitos foram aqueles que se deslocaram ao Clube Náutico e que passaram horas a fio a praticar canoagem no rio Tejo. Para muitos que não conheciam a beleza natural do rio, foi uma experiência única, com a promessa de voltarem brevemente a repetir essa mesma experiência mais assiduamente.

Grupo de Amigos de Vilas Ruivas completou segundo aniversário.
UMA GRANDE FESTA DE PARABÉNS
Com a presença de mais de centena e meia de associados, naturais e amigos da aldeia de Vilas Ruivas, a Associação local festejou o seu segundo aniversário no pretérito dia 17 de Agosto, contando também com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Dra Maria do Carmo Sequeira, com o Vice-Presidente, Luís Pereira, e o Presidente da Assembleia Municipal de Vila Velha de Ródão, Eng. Conceição Lopes, que se associaram a este aniversário do GAVR.

Às 13.00 Horas realizou-se o almoço convívio, servido pelo empresário de hotelaria albicastrense, Abílio Baptista, que constou do já tradicional porco no espeto, acompanhado do apetitoso arroz de feijão, seguindo-se pelas 16.00 horas, a actuação do Grupo Musical da Associação, Os Quintarolas, que animaram a tarde com o seu alegre e vasto reportório. Em suma, foi uma grande festa de parabéns a que o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas teve direito, com muita gente a participar activamente nestes festejos de aniversário. Na altura, o presidente da Associação, Jorge Manuel Cardoso, teve oportunidade de oferecer aos convidados presentes, a t-shirt comemorativa do 2º aniversário da Associação.

Vila Velha de Ródão presente no final da Volta a Portugal em Bicicleta.
OS QUINTAROLAS ANIMARAM A FESTA DA VOLTA A PORTUGAL EM BICICLETA.

O Grupo Musical “Os Quintarolas”, foram uma das bandas convidadas a participar na Festa final da Volta a Portugal em Portugal, que se realizou no pretérito dia 15 de Agosto na cidade de Castelo Branco.
Uma actuação plena de sucesso, com o tema “Manuel Ceguinho”, dedicado propositadamente à Volta a Portugal, e que mereceu muitas palmas por parte da plateia presente.

Aliás, e na ocasião, o Grupo Musical de Vilas Ruivas, teve oportunidade de receber pré-convites para actuações nas várias estações televisivas, nomeadamente, nos programas matinais, faltando apenas as calendarizações para o efeito. Quando tal acontecer, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, espera que as estações televisivas possam dar voz ao nosso concelho, na pessoa da presidente da nossa Autarquia, Dra Maria do Carmo Sequeira, dependendo dessa mesma calendarização e dos guiões das estações televisivas.

Também a Rádio da Beira Interior foi palco para uma entrevista á banda, onde se falou muito do concelho de Vila Velha de Ródão e da aldeia de Vilas Ruivas. A representar o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, esteve presente o Vice-presidente da Assembleia Geral, Nuno Mendes, também ele membro do Grupo Musical Os Quintarolas.
Entretanto, no dia 23 de Setembro, Os Quintarolas foram também convidados a participar no Festival Nacional de Música Tradicional e Popular portuguesa, que se realizou na cidade de Gondomar, distrito do Porto.

Em projecto, está a hipótese do Grupo editar um CD de originais, estando a própria banda e o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas a trabalhar afincadamente para que isso aconteça a breve trecho. Entretanto e para todos aqueles que ainda não conhecem o trabalho do grupo, podem ouvir alguns dos seus temas no seguinte endereço da Internet:
http://www.myspace.com/quintarolas, http://www.palcoprincipal.com/quintarolas.
Nestes endereços, está também toda a história da banda de Vilas Ruivas, bem assim como algumas fotos das diversas actuações que a banda tem efectuado nestes últimos tempos.

sexta-feira, setembro 15, 2006

Fotos da Presença do Duo Oásis nas Festas de 2006


Aqui podes ver a loucura que foi as Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo - Vilas Ruivas

http://www.duoasis.com/fotos/vilasruivas/

Obrigado a todos os que estiveram presentes e ajudaram a fazer das Festas de Vilas Ruivas uma referência no Concelho de Vila Velha de Ródão.

Até para o ano, obrigado

terça-feira, setembro 05, 2006

Incentivos Outdoor


O Campo de Vila Velha de Ródão é o ponto de encontro para a realização de um leque muito alargado de actividades dentro e fora do nosso espaço. Aqui todos os dias temos uma equipa de profissionais para realizar programas de actividades para grupos escolares, empresas, amigos ou individuais. Este também pode ser o local ideal para uma festa de empresa, aniversário ou despedida de solteiro/a.

informações: Tel. 228305157
email:
grupos@incentivosoutdoor.com