terça-feira, setembro 29, 2009

CÂMARA MUNICIPAL LANÇOU CONCURSO PÚBLICO: ESTRADA DE LIGAÇÃO ÀS VILAS RUIVAS VAI MESMO PARA OBRAS

CÂMARA MUNICIPAL LANÇOU CONCURSO PÚBLICO
ESTRADA DE LIGAÇÃO ÀS VILAS RUIVAS VAI MESMO PARA OBRAS



Depois de termos referido numa outra peça deste jornal, “ de que seriam necessárias obras de requalificação na estrada de ligação às Vilas Ruivas devido ao mau estado em que se encontra e à perigosidade da mesma”, fomos informados por e-mail, que a Câmara Municipal já tinha lançado há algum tempo atrás o concurso público para a adjudicação das obras, estando agora a estudar a melhor proposta dentro dos 500 000 euros disponíveis para a requalificação daquela estrada, ao abrigo de programas de apoio.

Para além de um tapete novo, a estrada vai possuir em toda a sua extensão, as necessárias valetas e resguardos metálicos, dando assim outra segurança a todos os automobilistas. No entanto, parece-nos que a mesma deverá e terá mesmo que ser alargada em alguns pontos para o bem de todos, pois a visibilidade é nula, e curvas existem que não têm sentido nenhum de existirem naquela via.
Outro dos aspectos a ter em conta é a limpeza da vegetação que circunda aquela estrada, pois em alguns locais, essa mesma vegetação está debruçada sobre a estrada e retira visibilidade a todos os que por ali circulam diariamente e que já são umas boas centenas.
No entanto não deixam de ser boas notícias para todos aqueles que “sentem” o perigo. Recordamos que a estrada de ligação às Vilas Ruivas, para além de possuir vistas panorâmicas magníficas sobre as Portas de Ródão, serve também todos aqueles turistas que se deslocam ao Castelo e Ermida de Nossa Senhora do Castelo lá bem no alto da serra.

sexta-feira, setembro 25, 2009

FALECEU O AMIGO FRANCISCO

Infelizmente apenas hoje soube do falecimento do meu amigo Francisco, das bombas da gasolina do Pombalinho.
Rapaz da minha geração, amigo do seu amigo, era ele quem fornecia o gás à aldeia de Vilas Ruivas.
Durante muitos anos a fio, palmilhámos todas as festas do nosso concelho na sua companhia. Ainda na festa deste ano das Vilas Ruivas convivemos recordando os bons velhos tempos da nossa juventude.
É um amigo que desaparece, mas que por nós será recordado sempre com elevada estima.
ADEUS FRANCISCO.
ATÉ SEMPRE, AMIGO.



RETRATO SUBURBANO

RETRATO SUBURBANO


A chuvinha da noite convidava
a ser feliz só com o pensamento
e não entrar assim desamparado
nas alucinadas e traiçoeiras luzes
de sábado que corriam p´rá cidade
para cumprir não sei que mandamento
que obriga à procura sem cessar
de alegria enquanto aqui estivermos
com olhares que não nos tocam dentro
nem sorrisos que sabemos partilhar.
Pessoas como nós mas só por fora
que não deixamos entrar só por entrar
por medo ou qualquer outra tristeza
e tão pouco arrebatamento
que não deixam antever qualquer beleza
em tal falta de verdade ou sentimento.

António Tropa




terça-feira, setembro 08, 2009

JORNAL INFORMATIVO DA ALDEIA DE VILAS RUIVAS

(Largo Principal das Vilas Ruivas com muita gente a comemorar o 5º Aniversário do G.A.V.R.)


( Porco no espeto foi um bom repasto no 5º Aniversário do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas)

GRUPO DE AMIGOS DE VILAS RUIVAS FESTEJOU O 5º ANIVERSÁRIO
DIA 17 DE AGOSTO FOI DIA DE CONVÍVIO



Fundado a 17 de Agosto de 2004, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas festejou este ano o seu 5º Aniversário, com um farto almoço no Largo Principal da aldeia. Cerca de 150 convivas juntaram-se à mesma mesa, saboreando o bom porco no espeto, servido excelentemente pelo Sr Abílio Baptista, empresário do ramo da restauração e também ele associado da Associação.


Um convívio que se prolongou pela tarde fora e onde reinou a amizade e a boa disposição entre todos. Presente no evento esteve a Srº Presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Drª Maria do Carmo Sequeira, bem assim como a Srªa Presidente da Junta de Freguesia, Drª Adelaide Caçador.




(Sardinhada foi um êxito em Vilas Ruivas)




( o II Encontro Nacional de Música Popular Portuguesa trouxe a Vilas Ruivas muitas centenas de pessoas)




(I Passeio Pedestre organizado pelo Grupo de Amigos de Vilas Ruivas)





PASSEIO PEDESTRE ,SARDINHADA E II EDIÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE MÚSICA POPULAR PORTUGUESA ANIMARAM A ALDEIA


No último trimestre, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas levou a efeito três actividades que fizeram as delícias de todos os participantes e convivas. Em Maio, realizou-se o 1º Passeio Pedestre, com a participação de cerca de setenta amantes desta modalidade. O passeio atravessou montes e vales junto à aldeia, passando pela Fonte das Virtudes (lado sul das Portas de Ródão), e regressando a Vilas Ruivas, onde foi servido a todos, um apetitoso almoço na sede social do grupo de Amigos de Vilas Ruivas.
Foram cerca de 10 Kms de convívio e de alegre e boa disposição, com os participantes a desfrutarem de paisagens magníficas sobre o Rio Tejo e a serra. Na realidade, a parte sul das Portas de Ródão apresenta uma paisagem sublime, que quanto a nós, mereceria uma outra atenção para efeitos turísticos. Uma total requalificação da zona, bem assim como o alcatroamento da estrada de ligação Vilas Ruivas-Fonte das Virtudes, daria ao local magníficas condições de puro lazer e de aventura aos inúmeros visitantes, que, e apesar das más condições da estrada, teimam em “aventurar-se” a chegar ao local. Quanto a nós, trata-se de um dos mais belos locais para efeitos turísticos do nosso concelho, ainda não aproveitado.



No dia 13 de Junho, cerca de duas centenas de pessoas conviveram no Largo principal da aldeia de Vilas Ruivas, naquela que foi a 5ª edição da Festa da sardinha. A boa sardinha assada fez as delícias de todos os presentes. Pela qualidade que apresentou…esgotaram-se os cerca de 100 quilos destinados a esta festa, para além das caixas do bom carapau (para quem não gostasse de sardinha…), que também foram encomendadas para esta festa, e que acabaram também por esgotar. Uma tarde de Santo António bem passada na aldeia, numa excelente organização e com um saudável e fraterno convívio entre todos os presentes.

Ao final da tarde, e em simultâneo com a festa da Sardinha, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas levou a efeito o II Encontro Nacional de Música Popular e Tradicional Portuguesa, com a presença, para além dos Quintarolas (grupo da casa), de outros grupos oriundos de várias regiões do País, que animaram todos os convivas pela noite fora. Uma excelente iniciativa, com uma enchente no Largo Principal da Aldeia.


(O convívio e a alegria foi a nota dominante nas Festas de Vilas Ruivas)

(Três dias de festa sempre animados)



FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO- VILAS RUIVAS 2009
NEM A FORTE TROVOADA DO DIA 15 TRAVOU O ÊXITO DOS FESTEJOS



Decorreram entre 14 e 16 de Agosto, na aldeia de Vilas Ruivas, os festejos em honra de Nossa Senhora do Castelo, que á semelhança dos festejos em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, em Alfrívida , são os mais antigos e tradicionais do concelho de Vila Velha de Ródão.
Três dias de grande convívio entre todos os naturais e amigos da aldeia de Vilas Ruivas.


O recinto das festas esteve bem composto durante os três dias, apesar de no dia 15 de Agosto, pelas 16.30 Horas, ter caído na aldeia uma forte trovoada, que condicionou a festa religiosa na ermida sita no alto da serra. Muito choveu durante hora e meia na aldeia de Vilas Ruivas, com a trovoada a causar ainda alguns estragos a nível de telefones e de electricidade. Aliás, a iluminação pública da aldeia não funcionou até perto das 22.30h, altura em que os técnicos da EDP repararam a avaria.
Devido a essa trovoada, a actuação prevista para esse dia 15, do Grupo de Percussão da casa do Benfica de Vila Velha de Ródão, foi adiada para a tarde do dia seguinte. Apesar dessa contrariedade do tempo durante a tarde, a noite esteve excelente para o convívio no Largo da Aldeia. Os grupos Clã 6030, de Vila Velha de Ródão, Remix, de Castelo Branco, e SH , das Mouriscas proporcionaram três excelentes noites de dança e de boa música.

Uma excelente organização da Comissão de Festas 2009, que nas contas do Deve e Haver, entregou ao Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, cerca de 3 800,00 euros de lucros, destinados a obras e outros investimentos na sede social da Associação
.




(Perigos constantes na Estrada de Vilas Ruivas, onde a estrada é demasiadamente curta e sem visibilidade suficiente para as centenas de automobilistas que ali passam diáriamente)





( Os carros foram ribanceira abaixo na Estrada da Serra de Vilas Ruivas)





NO MEIO DA DESGRAÇA…O MILAGRE !!!.
GRAVE ACIDENTE DO DIA 20 DE AGOSTO NA ESTRADA DA SERRA, EM VILAS RUIVAS, PÕE A NU A PERIGOSIDADE DAQUELA VIA.



Não é segredo para ninguém, pois quem por lá passa quase diariamente sabe e conhece bem a perigosidade daquela estrada. Já lá vai o tempo de passarem por ali uma ou duas dezenas de veículos por dia. Hoje em dia são centenas de veículos a palmilhar diariamente a estrada da Serra, que liga a Nacional 18 desde a saída da ponte sobre o Tejo até à aldeia de Vilas Ruivas prolongando-se essa ligação à A-23, pelo caminho municipal ao longo da Serra até à aldeia do Perdigão.


No dia 20 de Agosto, dois veículos chocaram em plena serra e despistaram-se ribanceira abaixo, galgando um muro de cerca de três a quatro metros de altura da estrada para fora. Diz quem viu, que o milagre está na sobrevivência dos intervenientes, tal o aparato do acidente.
Um carro conduzido por um casal conterrâneo de Vilas Ruivas e uma carrinha de caixa aberta conduzida por outro conterrâneo da aldeia de Vilar do Boi, ficaram destruídos no fundo da ribanceira. Duas viaturas do INEM, dos Bombeiros de Vila Velha de Ródão, GNR e Brigada de Trânsito, chegaram de imediato ao local, tomando conta da ocorrência.

Como consequência do acidente, verificaram-se três feridos, transportados para o Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco.
Já por várias vezes neste jornal referimos que aquela estrada é perigosa e que todo o cuidado é pouco. Quanto a nós, necessita urgentemente de um plano de intervenção, que passa por alargar a própria via mais uns dois/três metros, um novo piso (já que o actual se encontra por demais deteriorado), corte de curvas que possuem actualmente uma visibilidade reduzida, rails de protecção nas zonas mais perigosas e amanho das bermas e valetas.
Duas viaturas, ao passarem uma pela outra, pouco espaço têm para se desviar, sendo que muitas vezes têm que sair fora da estrada para ambas passarem. Por vias disso, alguns veículos têm sofrido danos, principalmente a nível de problemas nos pneus.

Pensamos que só com uma intervenção e uma requalificação profunda daquela via, acentuada e cuidada, se poderão evitar acidentes como o que aconteceu dia 20 de Agosto, embora a atenção dos automobilistas também terá que ser reforçada, já que aquela estrada, e como se disse, possui um grande movimento diário, e toda a atenção é pouca, a cada curva que encontramos.





(Entrada norte da aldeia com novo rosto)



(Estrada mais larga facilita a vida aos condutores na entrada da aldeia)


Obras de intervenção a cargo da Câmara Municipal
ENTRADA NORTE DA ALDEIA DE VILAS RUIVAS REQUALIFICADA



A Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão procedeu a obras de requalificação da entrada Norte da Aldeia de Vilas Ruivas. Uma obra já há muito aguardada, devido às dificuldades que existiam por parte dos automobilistas nos acessos à aldeia pela chamada “estrada de baixo”, visto que muitas manobras ali tinham que ser feitas para entrar na aldeia, tanto no que respeita a veículos ligeiros, como pesados de mercadorias. Com a doação de uma parte de terrenos ali existentes para a realização da obra, o povo de Vilas Ruivas tem agora mais uma solução para a entrada nas ruas estreitas da aldeia.


A este propósito, a população aguarda também obras na principal entrada na aldeia, nomeadamente na zona “ do cimo do monte”, visto que ali é um tormento para muitos automobilistas entrar na Rua Principal que dá acesso ao Largo.
Por outro lado, a Câmara Municipal procedeu também a uma requalificação no chamado “largo fundeiro”, desmantelando um palheiro em ruínas que ali existia, dando assim mais espaço para estacionamentos e uma outra imagem do local.