sábado, dezembro 31, 2011

FELIZ ANO NOVO





A todos os associados do GRAV e seus familiares, naturais, amigos e conterrâneos da "malga" e de Vila Velha de Ródão, a todos os nossos amigos do Facebook e "sem Facebook", um bom Ano Novo de 2012, dentro das possibilidades de cada um. Apesar dos tempos dificeis que se avizinham, nada é mais importante do que termos Saúde, Amor, Carinho e Paz. É isso tudo que desejamos nesta hora. Um Ano Novo Feliz (dentro das possibilidades) para todos.

sábado, dezembro 24, 2011




UM FELIZ E SANTO NATAL




Desejamos a todos os Corpos Sociais do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, seus Associados, naturais e amigos da aldeia de Vilas Ruivas e a todos os nossos conterrâneos rodenses, bem assim como a todas as respectivas famílias, um SANTO E FELIZ NATAL, com muita Saúde .

terça-feira, dezembro 20, 2011

ACTIVIDADES DO GRUPO DE AMIGOS DE VILAS RUIVAS


Iniciativas que mantêm bem vivas as tradições da Aldeia.

UM ANO COM INTENSA ACTIVIDADE
O Grupo de amigos de Vilas Ruivas continua bem activo na realização das suas actividades previstas no seu Plano para o ano de 2011.

Foram já várias as actividades realizadas pela Associação este ano, e todas com enorme êxito.

Em Março realizou-se o já tradicional almoço de borrego para todos os associados, naturais e amigos da aldeia, que juntou à mesma mesa quase de uma centena de convivas na sede da Associação.
Também no mesmo mês, a Associação realizou uma excursão, com autocarro cheio, ao Pluviário de Mora e a Vila Viçosa, a qual foi do agrado de todos os convivas.
Em Abril, realizou-se a já tradicional peixada, que também juntou quase de uma centena de pessoas na sede da Associação.

Em Maio, a Associação levou a efeito mais uma edição do passeio pedestre “ Ao Encontro das Virtudes”. Um passeio magnífico pelos campos que circundam a aldeia, e que culminou na Fonte das Virtudes, na zona sul das Portas de Ródão, numa extensão aproximada de 10 Kms, que fez as delícias de todos os participantes que , e para aqueles que não conheciam, ficaram deslumbrados com as magníficas paisagens do passeio. No regresso à aldeia de Vilas Ruivas, esperava-os um magnífico almoço na sede da Associação. No período da tarde, o tempo foi de convívio entre todos os participantes e as gentes da aldeia.
Ainda em Maio, na sede da Associação, e pela 1ª Edição, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas levou a efeito uma sessão de fados “ Retalhos do Fado”, recordando Amália Rodrigues, e que foi do agrado de todos aqueles que participaram, quer no jantar, quer no espectáculo. Uma iniciativa a pedir “bis” de muita gente admiradora do Fado.


VII FESTA DA SARDINHA E DO IV ENCONTRO DE MÚSICA TRADICIONAL PORTUGUESA.
Em Junho foi a vez da realização da VII Festa da Sardinha e do IV Encontro de Música Tradicional Portuguesa que levou muitos sócios, amigos e naturais da aldeia até Vilas Ruivas. Com a boa sardinha assada a proporcionar excelentes momentos de convívio, seguiu-se ao início da noite o IV Encontro de Música Tradicional Portuguesa, com a participação dos Quintarolas, de Vilas Ruivas, Modas de Rodão de Vila Velha de Ródão e Canta Areias, de Santo António das Areias. Uma noite agradável, de boa música tradicional portuguesa, após a Festa da Sardinha. Foi, como soi dizer-se, um dia em cheio na aldeia de Vilas Ruivas.


FESTEJOS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO
Nos dias 14, 15 e 15 de Agosto realizou-se a festa em Honra de Nossa Senhora do Castelo, a festa mais antiga e tradicional do concelho de Vila Velha de Ródão, que muitos crêem remontar aos séculos XI ou XII, na altura, efectuada na zona circundante ao Castelo.
Diz a lenda da aldeia, que “naquele tempo, os povoados circundantes para ali se deslocavam para três dias de festa, assentando arraiais naquele local histórico”, uma tese compartilhada por João Pires Mendes, natural da aldeia de Vilas Ruivas, que “ em jovem, chegou a conhecer a fonte que abastecia o Castelo e que dava de beber às gentes que lá viviam ou que para lá se deslocavam em festa”, adiantando que “naquele local existem tantos segredos por desvendar, como os túneis do Castelo, que sempre existiram, mas que ninguém se preocupou ainda em saber onde se encontram. Túneis que estavam preparados para eventuais fugas ou de abrigo em caso de ataques inimigos”.
A Festa em Honra de Nossa Senhora do Castelo, como se disse, realizou-se, como sempre, e como manda a tradição, a 14,15 e 16 de Agosto, mas já no dia 13, a juventude da aldeia fez questão de continuar com a tradição de passar a noite junto à Ermida de Nossa Senhora do Castelo.
Diz a história, que a 13 de Agosto, muita gente das aldeias circundantes se deslocava à Capela de Nossa Senhora do Castelo, para ali passarem a noite.

È essa a tradição que a juventude da aldeia mantêm viva, até porque, e de acordo com os escritos, “os jovens rodanenses têm uma relação profunda com Nossa Senhora do Castelo, fonte de inspiração para o seu quotidiano, para os seus estudos e para a sua vida”. Não há muito tempo, os jovens rodanenses “finalistas de cursos superiores”, gostavam sempre de usar nas suas vestes de estudantes, a imagem de Nossa Senhora do Castelo.


Foram três dias de imenso convívio entre famílias, naturais e amigos da aldeia, com os habituais bailes nocturnos no Largo Principal da Aldeia nos três dias de festa.

Ponto alto da Festa de Nossa Senhora do Castelo foi a Eucaristia na Capela de Nossa Senhora do Castelo, ao final da tarde de 15 de Agosto, bem lá no alto da serra, no ex-libris do concelho de Vila Velha de Ródão, de onde se avista uma paisagem ímpar. Presidida pelo nosso Reverendo, Pde Escarameia, a Eucaristia e Procissão, foi, como sempre, de uma devoção enorme por parte dos fiéis, por Nossa Senhora do Castelo. Mais uma vez o nosso Reverendo fez referência à antiguidade dos festejos cristãos no local e à grande devoção existente no concelho de Vila Velha de Ródão pela Santa Padroeira de Vilas Ruivas.
Quanto à participação dos rodanenses nestes Festejos, e embora as noites estivessem sempre animadas, não foi alheio o facto de, e no mesmo fim-de-semana, cinco aldeias por perto terem realizado também os seus festejos, o que, “espalhou” mais um pouco os rodanenses.

Quanto a números, a Comissão de Festas do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, apurou um lucro de cerca de 2 700,00€, que reverteram para melhoramentos e obras na Associação da aldeia. Uma comissão de festas que se esmerou para que tudo corresse pelo melhor, o que felizmente aconteceu. Uma Comissão de Festas constituída por: António Filipe Gonçalves, Hélder Gonçalves, Joaquim Manuel, Joaquim Ribeiro, Julio Esteves, André Esteves, e António Esteves, que estão de parabéns pela realização dos Festejos, e por manter a Tradição dos Festejos em Honra de Nossa Senhora do Castelo.

Para 2012, a Comissão nomeada foi a seguinte: João Cardoso, Jorge Manuel Cardoso, João Carlos Alves, Fernando Alves, Jorge Rodrigues, Otília Pires Carmona, João Breia e António Manuel Ramalhete, desejando a população de Vilas Ruivas que esta Comissão mantenha também acesa a tradição dos Festejos mais antigos do Concelho de Vila Velha de Ródão.
VII ANIVERSÁRIO DO GRUPO DE AMIGOS DE VILAS RUIVAS
A 17 de Agosto realizou-se o 7º Aniversário da Associação do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, com o habitual convívio-almoço do Largo Principal da Aldeia. Este ano a ementa baseou-se à base do tradicional Cozido à Portuguesa e de Febras, e juntou cerca de centena e meia à mesma mesa, num dia de salutar convívio entre todos os associados, amigos e naturais de Vilas Ruivas.

São sete anos de grande actividade da Associação em prol das gentes de Vilas Ruivas e do concelho de Vila Velha de Ródão. Venham mais sete anos se sucessos.
TRADICIONAL MAGUSTO REALIZOU-SE A 1 DE NOVEMBRO
A 1 de Novembro, na sede da Associação, realizou-se o já tradicional Magusto da aldeia, a boa pinga e a boa castanha assada, que também serviu para um imenso convívio entre todos, isto quando se preparava já a “safra” da azeitona deste ano. Foram duas sacas de castanhas a passar pelos assadores, mantendo-se assim esta tradição na aldeia.
Todas estas iniciativas, incluindo a Festa em Honra de Nossa Senhora do Castelo, tiveram a ajuda da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Vila Velha de Ródão, sempre prontos a “dizer presentes” às iniciativas promovidas pela Associação, o que sempre se agradece esta imensa disponibilidade.


OBRAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA Á ALDEIA DE VILAS RUIVAS DECORREM A BOM RITMO
Estão em curso as obras de abastecimento de água de rede à população da aldeia de Vilas Ruivas. Obras necessárias e reclamadas há muito tempo pelas gentes da aldeia, face à qualidade da água existente ( principalmente no Verão), e à pressão da mesma, muita fraca nas torneiras da aldeia.
Obras que a população saúda e que estão à vista de todos, num esforço realizado pela Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, sensível desde sempre às reclamações da população. As obras aí estão em bom ritmo.
PRAIA FLUVIAL EM VILAS RUIVAS ?
A notícia corre célere junto da população da aldeia de Vilas Ruivas. É que com as obras de abastecimento de água da rede, as àguas das nascentes da serra , nas zonas da Farrenheira e Malhadil, que abastecem a aldeia, podem ser agora aproveitadas para uma praia fluvial a construir naquela zona. Uma ideia que está a nascer junto das entidades do concelho e que, à primeira vista, parece a ser viável. Por agora, ficamos por aqui, pois as notícias ainda estão “ a quente”, pelo que há que aguardar por mais novidades. O que é certo é que o projecto já está em marcha. Vamos aguardar, sabendo que seria “ouro sobre azul” para as gentes da aldeia e para o concelho de Vila Velha de Ródão, nomeadamente no aproveitamento das àguas das nascentes naquele local.