sexta-feira, abril 21, 2006

Jornal Informativo nº03/2006

GRUPO DE AMIGOS DE VILAS RUIVAS,
APROVADO O RELATÓRIO E CONTAS DO ANO DE 2005.
Realizou-se no pretérito dia 25 de Março, a Assembleia Geral Ordinária do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, tendo na ordem de trabalhos, a apresentação, discussão e votação do Relatório e Contas do ano de 2005, bem assim como a apresentação de outros assuntos de interesse para a Associação.

Com a presença de cerca de três dezenas de Associados, o Presidente da Direcção, Jorge Manuel Cardoso, explicou pormenorizadamente todas as contas de 2005, em que a Associação movimentou cerca de 86.000 euros. Nestas verbas destaca-se a aquisição da sede social da Associação (30.000 euros), bem assim como as obras de remodelação
( cerca de 20.000 euros), que absorveram mais de metade das verbas movimentadas. Relativamente aos empréstimos, o presidente do Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, explicou que eles já foram pagos á entidade bancária, faltando apenas pagar os empréstimos solicitados dentro da própria aldeia, os quais, deverão ser pagos brevemente.

Num ano em que a Associação foi legalizada, as restantes verbas despendidas foram absorvidas por impostos, escrituras, bens adquiridos para a sede social, organização de eventos ao longo do ano de 2005, electricidade e água, bem assim como com outros bens indispensáveis ao funcionamento da Associação.
Relativamente ás receitas, a maior fatia vem dos donativos efectuados, quer pelas diferentes Comissões de Festas anteriores a 2005 (cerca de 15.000 euros), quer pelos donativos dos associados e população em geral (17.500 euros), comparticipação da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão ( 6.000 euros), Comissão de Festas de 2005 ( 6.000 euros), entre muitos outros donativos recolhidos, quer a particulares, quer a outras entidades.

Jorge Manuel Cardoso, reafirmou que “foi uma luta constante para arranjarmos dinheiro e erguer esta Associação, contando com a ajuda de muita gente, que assim se juntou á Associação, lutando pela mesma causa”, acrescentando ainda que “ só avançaremos para a 2ª fase das obras com garantias de que temos verbas suficientes para as fazermos, sem passar por dificuldades”, relembrando “ que a crise que o País está a atravessar, afecta-nos a todos”. O Presidente da Direcção, elogiou o trabalho desenvolvido por toda a população da aldeia, nomeadamente aqueles que desde a primeira hora têm mantido de pé a Associação, organizando vários eventos e colocando a sede social ao dispôr de todos. Aliás, e neste sentido, Jorge Manuel Cardoso, propôs um voto de louvor a todas as senhoras de Vilas Ruivas, que têm colaborado com a Associação, voto esse que foi aprovado por unanimidade dos presentes. Relativamente ao futuro, o Presidente da Direcção, “espera que o êxito da Associação continue a ser uma realidade não só para a aldeia, mas para todo o concelho de Vila Velha de Ródão, já que as actividades desenvolvidas em 2005, superaram as expectativas, e as já realizadas em 2006, continuam a congregar muita gente em redor da Associação”.

POSSIBILIDADE DE SE AVANÇAR PARA UM CENTRO DE DIA A MÉDIO PRAZO.

Outro dos assuntos discutidos nesta Assembleia Geral, foi o facto de estar em cima da mesa, uma proposta de doação de uma casa sita na aldeia, á Associação, por parte do Associado, José Rei, e esposa, D. Ivone, com a finalidade de a mesma se destinar a um Centro de Dia para os idosos da Aldeia de Vilas Ruivas.

O assunto foi discutido abertamente por parte de todos os presentes, onde todos opinaram sobre o assunto. A Assembleia Geral decidiu “adiar” a discussão dessa proposta para a próxima Assembleia Geral, após a prospecção de apoios para se avançar para esse mesmo Centro de Dia. Alguns elementos presentes, já estão no terreno para estudar todas as hipóteses de apoios e de se avançar para esse mesmo Centro de Dia.
Em caso afirmativo, a Associação terá que alterar os estatutos em Assembleia Geral, e posteriormente, através de escritura, para uma IPSS- Instituição Particular de Solidariedade Social. No entanto, todos ficaram sensibilizados com esta doação, esperando que o projecto tenha pernas para andar, para o bem social da aldeia de Vilas Ruivas.

CONVÍVIO DA QUADRA PASCAL
O Grupo de Amigos de Vilas Ruivas levou a efeito mais um convívio da Quadra Pascal, que congregou muitos convivas na sede da Associação.
Os Jogos Tradicionais foram uma constante durante os quatro dias desta quadra, bem assim como alguns passeios pedestres até á Ermida de Nossa Senhora e ao Castelo. A apanha tradicional dos “tortulhos” foi também uma constante, com muita gente a demandar os campos, na procura deste apetitoso “petisco”, com alguns a apanharem uns bons quilos, e outros com menos sorte nessa procura. Aliás, face ao êxito deste ano, e sob proposta de um Associado, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas, poderá dedicar no próximo ano, especial atenção a esta actividade, criando o dia do “Tortulho” na aldeia, que em princípio, acontecerá durante um dos dias da quadra Pascal, ou em meados de Março. Será o reavivar das tradições antigas na aldeia, em que eram frequentes as idas aos tortulhos, servindo essa procura, como momentos de grande e salutar convívio entre todos os participantes.
Muita gente na aldeia, ruas coloridas, muito trânsito para o que é habitual, com muita alegria por parte de todos, em verem tão grande movimento em Vilas Ruivas. Na realidade, a Associação está a concretizar os objectivos preconizados, que passam pelo bem estar social da aldeia, bem assim como o de promover o convívio entre todos. Nota-se nos rostos de todos, uma outra alegria e um outro espírito social. Vilas Ruivas está de parabéns, pois há muitos anos, que não se via tanta gente na aldeia, em plena quadra Pascal.

VERDADEIRAS ROMARIAS AO ALTO DA SERRAQUADRA PASCAL LEVOU MUITA GENTE AO CASTELO
Tal como aconteceu no período da quadra carnavalesca, mais uma vez assistimos nesta quadra pascal, a autênticas romarias ao alto da serra, para uma visita ao Castelo e Ermida de Nossa Senhora do Castelo.
Para além dos passeios pedestres das gentes das Vilas Ruivas ao local, viram-se centenas de pessoas a passear em toda a zona envolvente. Também em plena serra, dava para perceber esse grande movimento, com muitos veículos estacionados no Largo fronteiriço á Ermida e em redor da estrada de ligação ao local. Sem sombra de dúvidas, que temos ali um local de grande potência turística a explorar, com muitos dividendos para o nosso concelho, que tanto necessita destas avalanches a nível de turismo.

DIA 17 DE JUNHO2ª EDIÇÃO DA FESTA DA SARDINHA EM VILAS RUIVAS
Está já marcada a 2ª edição da Festa da Sardinha na aldeia de Vilas Ruivas, organizada pela Associação local. Este ano, a Festa realiza-se no próximo dia 17 de Junho, a partir das 18.00 Horas, no Largo Principal da aldeia, e os objectivos passam por manter a excelente organização, bem assim como chamar mais gente á aldeia. Relembramos que no ano de 2005, foram duas centenas e meia de participantes neste evento, e para esta edição de 2006, esperam-se ainda mais participantes.
Para além da Sardinhada, o Grupo de Amigos de Vilas Ruivas vai oferecer uma noite muita animada a todos os participantes, com a presença do Grupo de Música Popular Portuguesa “Os Quintarolas”.
As inscrições já estão abertas na sede da Associação , em Vilas Ruivas, e podem ser feitas também, através dos telefones: 960043364 ou 967090436, ou ainda via e-mail:
jomaca@netcabo.pt, até ao próximo dia 10 de Junho de 2006.
Na próxima edição do nosso jornal, daremos mais pormenores sobre este evento.

Em principio... no dia 15 de Junho
EXCURSÃO Á BARRAGEM DO ALQUEVA
O Grupo de Amigos de Vilas Ruivas vai levar a efeito uma excursão à Barragem do Alqueva, marcada, em princípio, para o feriado do dia 15 de Junho de 2006. Esta excursão surge na sequência dos desejos manifestados pelos associados e população de Vilas Ruivas, em conhecer a Barragem.
Para além da visita ao maior largo artificial da Europa, está também prevista uma visita á cidade de Évora, cidade Património Mundial da UNESCO.
Na próxima edição do nosso jornal, daremos também mais pormenores sobre esta excursão.


ANDAM A DESTRUIR A NOSSA SERRA MUITO LIXO E ENTULHO DESPEJADO NAS ENCOSTAS.
Sinceramente, e para todos aqueles que participaram nos passeios pedestres até ao Castelo e Ermida de Nossa Senhora, o que foi visto ao longo dessas caminhadas, não agradou a ninguém. Na realidade, é muito triste assistirmos a todo o tipo de entulho e de lixo despejado nas encostas da nossa serra. Cenas que entristecem qualquer um, e que são fruto da inconsciência do ser humano. Toneladas e toneladas de entulho e de lixo mancham a beleza natural daquele local. É um alerta ás autoridades autárquicas e municipais, para que se evitem situações como aquelas que estão á vista de todos.

FESTA EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE
ALVAIADE EM FESTA DIAS 12,13,14 E 15 DE MAIO.
Alvaiade vai estar em festa nos próximos dias 12,13,14 15 de Maio.
São as tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora da Piedade.
No programa dos Festejos, destaque para a actuação de três conjuntos Musicais: Mário e Companhia ( Dia 12), Onda M ( dia 13) e os Oásis ( dia 14), bem assim como para a actuação da Banda Filarmónica do Crato no domingo, dia 14, que acompanhará também a procissão em Honra da Santa Padroeira do Alvaiade.Na segunda feira ( dia 15), será a altura do encerramento dos festejos, com o convívio entre todos os naturais da aldeia ao som das Aparelhagens Sonoras “Octávio”, do Marmelal. Vamos desejar que o São Pedro ajude, e que estas Festas sejam mais um grande êxito organizativo, á semelhança do que aconteceu em anos anteriores.

Mais Uma notícia...

No concelho de Vila Velha de Ródão Actividades
Agendadas para o Mês de Maio de 2006

Dia 01 de Maio
Comemoração do Dia do Trabalhador
Passeio pedestre na área da freguesia de Fratel
Organização: Junta de Freguesia de Fratel
Apoio: S.F.E.B.F.

Dia 7 de Maio
Comemoração do Dia da Mãe (oferta aos idosos)
Organização: Santa Casa da Misericórdia de Vila Velha de
Ródão

Dias 12,13,14,e 15 de Maio
Festas Populares em Honra de Nossa Senhora da Piedade
Alvaiade

Dias 13 e 14 de Maio
IX Raia Tejo
Organização: A. E. A. T.
Residência Artística – Rui Sileira e Claudia

(de 16 a 31 de Maio)
Organização : CENTA

Dias 19 e 20 de Maio
Raly Portas de Ródão
Organização: Escuderia de Castelo Branco
Apoio: Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão
Passeio pedestre/caminhada (Dia 21 de Maio)
Organização: Associação
de Tostão

(De 25 a 29 de Maio)
Feira do Livro Local: Casa de Artes e Cultura do Tejo
Organização : CMCD/Câmara Municipal

Dia 25 Maio
Piquenique na Praia Fluvial da Isna
Organização: Santa Casa da Misericórdia
Vila Velha de Ródão

terça-feira, abril 04, 2006

"Por esse Tejo acima"

Depois de desafiados pelos nossos amigos Nuno e Stela, lá fomos nós até terras do Rei Wamba. Após uma rápida passagem por Vila Velha de Ródão fizemos uma primeira paragem para observar o explendor das Portas de Ródão.

Um pouco mais acima, pudemos disfrutar novamente de uma belissima paisagem mas, desta vez, perto da Ermida de Nossa Senhora do Castelo (padroeira da aldeia de Vilas Ruivas, e a mais antiga do concelho de Vila Velha de Ródão), e da única torre do antigo Castelo de Ródão (Castelo do Rei Wamba), debruçado sobre as Portas de Ródão, em avançado estado de degradação e agora em fase de reconstrução pela autarquia rodense ao abrigo do VAMBA (Projecto de Valorização do Castelo de Ródão da Capela da Senhora do Castelo e Zona Envolvente).

Depois de satisfeito o olhar, foi tempo de satisfazer a barriga e, nada melhor, do que uma bela feijoada feita á moda de Vilas Ruivas.

Foi nesta agradável aldeia, que fomos simpáticamente recebidos pelos amigos de Vilas Ruivas com uma Feijoada deliciosa, vinho tinto do bom e doces caseiros maravilhos.

Salientamos igualmente a simplicidade e o bem receber das gentes de Vilas Ruivas que muito nos enterneceu e fez com que a vontade de lá voltarmos aumente a cada dia que passa.


Ás gentes de Vilas Ruivas, o nosso Bem Hajam!


Carnaval 2006 – Mário Leite e Ana Catarina